Sindicato entrega ao TRE/SC rol de reivindicações para garantia de um trabalho seguro


Em reunião nesta quarta-feira (9) com o diretor geral do TRE/SC, Daniel Sell, representantes do Sintrajusc Denise Zawarize e Paulo Koinski, a servidora da JE, Alexsandra Casagrande, e o médico do trabalho Roberto Ruiz  solicitaram garantias ao Tribunal de um trabalho com segurança, que preserve a vida e a saúde da categoria e da população em meio ao processo eleitoral.
Com um número reduzido de servidores, EPIs e cuidados insuficientes, a volta ao trabalho a partir desta segunda-feira (14), traz muita preocupação e passa longe do plano de trabalho ideal proposto pelo Tribunal. A data segue o cronograma da Emenda Constitucional 107/2020, que prevê as eleições para 15 e 29 de Novembro, em primeiro e segundo turno, respectivamente.
Após a explanação sobre os dados atuais da covid 19 em Santa Catarina feita pelo médico Roberto Ruiz, e a apresentação de um rol de reivindicações dos servidores, o diretor geral do TRE/SC, Daniel Sell, se comprometeu em avaliar as reivindicações. Ele afirmou que onde houver possibilidade, o trabalho remoto será priorizado, mesmo que sua execução seja mais demorada. O diretor também garantiu a participação de um representante sindical no Gabinete de Crise da COVID-19 do TRE. De acordo com os dados do governo do Estado, os números de contágio e óbito continuam em ascensão, com uma taxa de transmissão de 1,11 nas últimas oito semanas. Atualmente, os casos em Santa Catarina passam dos 195,7 mil com uma taxa de letalidade de 1,32%, que já levou a óbito 2,5 mil catarinenses.
Mais EPIs com melhor qualidade, acompanhamento de um serviço de telemedicina para os servidores, testagem periódica e um treinamento em EAD sobre prevenção, higiene e riscos tanto para os servidores como para os trabalhadores terceirizados e a manutenção do trabalho remoto para os servidores com doenças crônicas  são algumas das solicitações, entregues em ofício, juntamente com dados da covid 19 na tarde desta sexta-feira (11) .
Os dirigentes sindicais reforçaram a necessidade de preservar a vida e a saúde dos servidores, assim como da população. Para isso, é necessário tomar todos os cuidados possíveis, desde os mais simples como o distanciamento, a higiene nas mãos e o uso de máscara, assim como é importante fazer a testagem nos trabalhadores.
O Sindicato continua atenta aos anseios dos servidores e orienta aos trabalhadores que se sintam em situações de risco entrem em contato com nossos diretores, por meio de telefone (48) 32224668.