Servidores federais realizam Plenária Nacional e definem plano de lutas


Servidores públicos federais de várias categorias participaram nesta sexta-feira, 17 de outubro, da Plenária Nacional da Cnesf, em Brasília. O encontro reuniu 73 delegados, 30 observadores, sendo que da base do Judiciário Federal e do MPU estiveram 9 delegados e 1 observador. Os coordenadores da Fenajufe Rogério Fagundes, Saulo Arcangeli, Roniel Andrade [delegados], Lúcia Bernardes, Pedro Aparecido [observadores] e Cláudio Klein [delegado pelo Sintrajud/SP] também participação da Plenária Nacional.

Na primeira parte da plenária, os representantes das entidades nacionais informaram as atividades de mobilização promovidas em suas categorias. O coordenador Rogério Fagundes explicou a atuação da Fenajufe pela elaboração do Plano de Carreira dos servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União. Rogério informou, também, que a Federação criou o Grupo de Trabalho Nacional para sistematizar as sugestões da categoria e elaborar a proposta final do Plano de Carreira. Também explicou o calendário de atividades, que inclui o 1º Encontro Nacional sobre Saúde do Trabalhador, o 3º Encontro Nacional do MPU e as atividades específicas sobre o Plano de Carreira [2º Encontro Nacional sobre Plano de Carreira e reunião ampliada da Fenajufe].

Após debaterem a conjuntura nacional, os delegados da Plenária aprovaram o seguinte calendário de mobilização:
· 21 e 22 de outubro – Participação no Seminário Nacional: A criminalização da pobreza, das lutas e organizações dos trabalhadores, na sede da OAB Nacional, em Brasília.
· 21 de outubro – Reunião da Cnesf, às 18h, na sede do Andes/SN, para discutir e preparar o ato unificado do dia 11 de novembro.
· 5 de novembro – Dia Nacional de Lutas, com paralisação de 24 horas e mobilização.
· 11 de novembro – Ato unificado dos SPFs e dos movimentos sociais em apoio à autonomia e liberdade sindical.
· 22 de novembro – Plenárias setoriais das entidades nacionais.
· 23 de novembro – Plenária Nacional da Cnesf.

Os eixos da jornada de lutas dos servidores federais, aprovados na Plenária Nacional desta sexta-feira [17], são:

· Pelo cumprimento dos acordos e reabertura imediata das negociações com todas as entidades dos servidores públicos federais.
· Pela aprovação da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho, com a defesa do direito irrestrito de greve.
· Pelo pagamento dos passivos.
· Em defesa da autonomia e liberdade sindicais.

Outro tema debatido pelos delegados e observadores da plenária foi a reorganização da Cnesf. Este ponto será discutido e deliberado na próxima Plenária Nacional dos SPFs, marcada para o dia 23 de novembro.

Da Fenajufe – Leonor Costa