– Previdência ainda não sabe como pagar 150 mil aposentados que ganharam no STF correção dos benefícios


Caros Servidores,
Leiam a notícia divulgada pela Agência Brasil. E depois ainda há quem acredite que não há arrocho salarial e nem cortes profundos no orçamento prejudicando a classe trabalhadora. 

(Matéria de 28/04/2011)        O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, informou hoje (27) que já levou à área econômica do governo a necessidade de pagar os aposentados que ganharam, no Supremo Tribunal Federal (STF), o direito de correção dos benefícios com base no teto fixado no ano em que se aposentaram. Trabalhadores aposentados entre 1998 e 2003 questionaram no STF o fato de seus benefícios, na época, não terem sido calculados pelo teto vigente.

     Segundo Garibaldi Alves Filho, o orçamento do ministério deste ano tinha reservado R$ 2 bilhões para esse pagamento, “mas o dinheiro foi cortado por ocasião do contingenciamento” determinado pela presidenta Dilma Rousseff, que atingiu todas as áreas do governo. A decisão do STF deve beneficiar cerca de 150 mil aposentados. A Advocacia-Geral da União (AGU) ainda está estudando como deverá ser feito o pagamento.  

(Fonte: – Agência Brasil )