Conferência de Comunicação: Comissões realizam plenária nacional


As Comissões Estaduais Pró-Conferência Nacional de Comunicação se reúnem nesta quinta-feira, 16 de abril, em plenária nacional no auditório do Interlegis, do Senado Federal, em Brasília. O objetivo do encontro é discutir o andamento dos trabalhos de mobilização que os movimentos sociais vêm realizando para garantir a convocação oficial da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, prevista para ocorrer nos dias 1º, 2 e 3 de dezembro deste ano.

“Vivemos um momento de grande expectativa pela convocação oficial da I Conferência Nacional de Comunicação. Todas as sinalizações do Governo Federal apontam para o decreto sair nos próximos dias, mas tanto nacionalmente quanto estadualmente diversos grupos organizados têm se reunido para sensibilizar e mobilizar a sociedade para a participação nas etapas preparatórias e eletivas. Uma série de atividades já aconteceu nos estados e há uma tentativa de potencializar ao máximo a troca de informações e o diálogo entre as Comissões Estaduais e Nacional”, afirma a convocatória da Plenária Nacional.

O evento desta quinta-feira está sendo convocado pela Comissão Nacional Pró-Conferência, da qual a Fenajufe faz parte, por meio de sua coordenação de comunicação. Sheila Tinoco. Além da Plenária Nacional, a Comissão também realiza na sexta-feira [17] uma videoconferência, que poderá ser acompanhada em todas as regiões do país.

“Será um momento fundamental para debater propostas, trocar experiências e, principalmente, construir um grande plano de mobilização para a intervenção da sociedade no processo. A participação de todas as Comissões Estaduais é imprescindível”, afirmam os organizadores das atividades desta semana.

Participação da Fenajufe
A Fenajufe estará presente na Plenária Nacional, por meio da coordenadora Sheila Tinoco. A equipe de comunicação também fará a cobertura com transmissão ao vivo pela Rádio Fenajufe.

A Federação ressalta o quanto é fundamental a participação das organizações sociais e sindicais neste processo, para além dos movimentos do setor da comunicação, uma vez que a conferência debaterá a implementação de políticas públicas que poderão mudar os rumos do atual sistema de comunicação vigente no país. O debate sobre a democratização da comunicação, conteúdo, concessão de rádios e TVs [ainda bastante concentrados nas mãos das oligarquias políticas], a definição de um novo marco regulatório e de toda a legislação relacionada ao setor, na avaliação da Fenajufe, deve ter a atenção dos movimentos organizados e dos setores da esquerda brasileira.

A Fenajufe ressalta, ainda, que os movimentos, e aí estão incluídas as entidades de trabalhadores, devem participar das etapas estaduais, apresentar propostas e eleger seus representantes para participarem da etapa nacional, em dezembro. “Esta é a primeira conferência nacional que terá a participação do empresariado, por isso os movimentos devem atuar e pressionar de todos os lados para serem a ampla maioria nas etapas estaduais e nacional, o que demanda um grande esforço de todas as organizações e militantes que lutam pela democratização da comunicação no país”, afirma a coordenadora Sheila Tinoco.

A Fenajufe orienta que todos os sindicatos divulguem essa atividade em seus veículos de comunicação e participem das atividades das comissões estaduais Pró-Conferência Nacional de Comunicação. Confira aqui, uma nova planilha com os contatos nos Estados.

Para acompanhar o debate da Plenária Nacional das Comissões Estaduais e Nacional, nesta quinta-feira [16], acesse o link http://www.fenajufe.org.br/port/noticias/principalradio.asp.

Programação
16 de abril – Plenária das Comissões Estadual e Nacional
10h00 às 10h30 – Abertura
10h30 às 12h30 – Informes dos Estados
14h00 às 16h00 – Apresentação e validação das propostas de metodologia e temário da Comissão Nacional
16h00 às 17h30 – Plano de mobilização

17 de abril – Videoconferência
9h00 às 12h00 – Videoconferência para repasse do debate às Comissões que não puderam estar presentes ou para um número maior de pessoas nos estados.

Da Fenajufe – Leonor Costa