Câmara aprova inclusão de Oficiais de Justiça nos grupos prioritários para acesso a vacinas contra Covid-19


A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 17, a inclusão dos Oficiais de Justiça no grupo de priorização para acesso à vacina contra a Covid-19. O substitutivo proposto pela relatora do PL 1011/2020, deputada Celina Leão (PP/DF), acolheu a Emenda 47 do deputado Charlles Evangelista (PSL/MG). O Sintrajusc também fez pedido nesse sentido ao TRT-SC.

Além dos Oficiais de Justiça, o substitutivo inclui nos grupos prioritários as pessoas com deficiência;  os profissionais de saúde e funcionários que trabalham em ambiente hospitalar; as pessoas idosas; as pessoas com doenças crônicas e as que tiveram embolia pulmonar; os povos indígenas; os caminhoneiros e demais motoristas de transporte rodoviário de cargas;  os trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e metroviário urbano e interurbano de passageiros; os trabalhadores de transporte aquaviário de cargas e passageiros; os agentes de segurança pública e privada, desde que estejam comprovadamente em atividade externa; os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social e das entidades e organizações de assistência social, bem como dos conselheiros tutelares que prestam atendimento ao público; os trabalhadores da educação do Ensino Básico em exercício nos ambientes escolares; os coveiros, atendentes e agentes funerários; os taxistas e os mototaxistas; os profissionais que trabalham em farmácias e os profissionais de limpeza pública.

O inteiro teor da proposta aprovada pelo plenário da Câmara pode ser lido AQUI.

A partir de agora, a matéria segue para análise do Senado.