Via Campesina protesta contra liberação do cultivo de transgênicos


Por Marcela Cornelli

Os integrantes da Via Campesina – união do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) com o dos Pequenos Agricultores (MPA) – fizeram nesta quarta-feira duas manifestações de protesto contra a liberação do cultivo de alimentos transgênicos. A primeira, pela manhã foi realizada em frente ao edifício onde funcionam as sedes do Partido dos Trabalhadores e da multinacional Monsanto, no Setor Comercial Norte.

Agora à tarde, em frente ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e à Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca, os manifestantes acusavam o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, de ser o principal responsável pela possível liberação do cultivo dos transgênicos.

Um dos organizadores do manifesto, Jessé Moreira, da Organização de Estudantes de Agronomia do Brasil, informou que “além do protesto contra os trangênicos, a Via Campesina veio pedir para que o deputado Fernando Gabeira fique no PT. Queremos que saiam do partido os que forem a favor desses venenos”.

Fonte: Agência Brasil