Sindjus/DF realiza assembléia para decidir rumos da mobilização pelo PCS


O prazo dado para decidir sobre a continuidade da greve pela aprovação do PCS termina hoje (30/05). Conforme decidido em assembléia do Sindjus/DF no último dia 17, quando o projeto foi aprovado na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, será realizada nova assembléia hoje, às 17h, na Praça dos Tribunais, para avaliar os rumos da mobilização e a possível retomada da paralisação por tempo indeterminado.
Apesar do bom êxito na greve que durou 15 dias, a aprovação do PCS na CFT não deve desmobilizar os servidores. Ainda há um caminho a ser percorrido para que o projeto possa de fato ser implementado ainda este ano. O PL 5845/05 aguarda agora votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), prevista para acontecer após cinco reuniões do plenário.
Enquanto isso, o compromisso firmado pelos presidentes do STF, STJ e TST foi de utilizar este período para acertar os últimos detalhes da negociação com o Governo, a fim de viabilizar o pagamento da reposição salarial prevista pelo PCS em três parcelas anuais. Outro ponto da negociação diz respeito aos dias parados. O diretor-geral do STF prometeu coordenar toda a negociação para evitar corte de ponto.
De acordo com o Sindjus, a presença dos servidores na assembléia de amanhã é fundamental para mostrar que os trabalhadores continuam mobilizados à espera da aprovação definitiva do PCS e que a greve pode voltar caso nada tenha sido realizado.

Fonte: Sindjus/DF