Servidores de vários estados intensificam pressão no Congresso Nacional


Chegaram ontem e hoje, em Brasília, servidores do Judiciário Federal de vários Estados para intensificar as atividades de pressão na Câmara e no Senado Federal durante toda esta semana. A diretoria da Fenajufe se reuniu nesta manhã com os representantes das delegações, oportunidade em definiram o roteiro e orientaram sobre os trabalhos dos próximos dias. Estão em Brasília representantes dos seguintes sindicatos: Sintrajufe/RS, Sintrajuf/PE, Sindiquinze/SP, Sindjero/RO, Sindjuf/PB, Sitraemg/MG, Sindjuf/PA-AP, Sindjufe/BA, Sinjufego/GO, Sinpojufes/ES e Sintrajufe/PI.
Os servidores foram neste momento para o Congresso Nacional conversar com as lideranças dos partidos das duas Casas. Nos contatos, os representantes da categoria pedirão que os parlamentares fechem um acordo e realizem uma sessão do Congresso Nacional ainda esta semana para aprovar os PLNs 11/06 e 12/06, que altera o orçamento da União e libera crédito suplementar para a implementação das primeiras parcelas dos PCSs do Judiciário e do MPU, respectivamente.
Os servidores também entregarão uma carta aos deputados e senadores pedindo que os mesmos entrem em um acordo. No documento, também ressaltam a importância da aprovação dos PLNs para implementar os projetos de revisão dos PCSs, cuja aprovação foi fruto da luta da categoria, que realizou uma greve em nível nacional por mais de um mês.
“Com o fechamento do acordo, os servidores encerraram o movimento paredista, mantendo o estado de greve até a concretização das nossas reivindicações. No entanto, hoje estamos diante de um impasse: a falta de acordo tem impedido a realização da sessão do Congresso Nacional para aprovação dos PLNs que viabilizam financeiramente os nossos projetos, já aprovados na Câmara e no Senado. Por isso, pedimos que Vossa Excelência se sensibilize com o justo pleito de 120 mil trabalhadores e viabilize a realização imediata da sessão do plenário do Congresso Nacional”, afirma a carta que será entregue aos parlamentares.

Fonte: Fenajufe (Leonor Costa)