SEMANA É DE PRESSÃO TOTAL NO SENADO


Em Assembleia realizada sexta-feira, 17, na Justiça Federal, os servidores decidiram intensificar a luta para garantir a aprovação da reposição salarial no Senado, marcando Atos para hoje (JE) e amanhã (JT) e Assembleia na quarta (JF) para definir os rumos da mobilização com base nas notícias de Brasília no início desta semana (VEJA ABAIXO).

A semana começa com o projeto de reposição salarial aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e aguardando parecer do relator na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. O projeto também já foi incluído na  pauta da CAE desta terça-feira (21/6), agendada para 10 horas. Porém existe o compromisso da presidente da Comissão, senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR), de antecipar a sessão para as 9 horas.

Servidores de Santa Catarina viajam hoje a Brasília para se integrar ao esforço dos demais sindicatos no sentido de pressionar os senadores. Na internet a pressão é constante e nova mobilização maciça vai acontecer nesta terça-feira (21/6) através das redes sociais.

No balanço das atividades no Senado, a semana começa com a seguinte contabilidade na coleta de assinaturas para a urgência do projeto: dos 54 senadores necessários, até o momento 39 assinaram o requerimento de urgência que pode levar o projeto diretamente para o plenário do Senado.

 

Senadores que confirmaram a assinatura nesta semana:

 

– Lídice da Mata (PSB/BA) – líder do bloco Socialismo e Liberdade – representa 10 senadores

– Omar Aziz (PSD/AM) – líder do bloco Democracia Progressista – representa 11 senadores

Há ainda a promessa do líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), de assinar a urgência, o que representaria mais 19 senadores, se cumprida.

O SINTRAJUSC convida todos os servidores a participar dos Atos e da Assembleia para reforçar as atividades e apoiar os colegas que estarão em Brasília pressionando os senadores a aprovar a reposição salarial. O tempo corre contra nós, mas conta a nosso favor a capacidade de mobilização que já demonstramos em outras ocasiões.

A categoria pode pressionar os senadores através do envio de mensagens de e-mail pelo mecanismo de disparo na página da Fenajufe, aqui. E mais, sindicatos e Federação devem trabalhar para garantir quorum e aprovação na CAE na terça-feira. Para isso, é necessário pressionar antecipadamente a presença e apoio dos componentes da Comissão pela aprovação dos projetos e da urgência. A lista de membros da CAE pode ser acessada aqui. A composição da Comissão pode também ser conhecida neste link.

AGENDA DA MOBILIZAÇÃO

ATO
 
HOJE, das 17 às 18 horas, na Justiça Eleitoral (Esteves Júnior)
 
Terça (21), das 16 às 17 horas, na Justiça do Trabalho 
(prédio das Varas, na Beira-mar Norte)
 
ASSEMBLEIA GERAL
 
Quarta (22), às 15 horas, na Justiça Federal (Beira-mar Norte)