Reforma de sanitários do TRT irá demorar 90 dias


A reforma dos sanitários do prédio administrativo do TRT, de acordo com o cronograma, será concluída apenas em março. Até lá, servidores de quatro andares usam apenas dois banheiros – um masculino e outro feminino – no primeiro andar do prédio. Com gente demais e sanitários de menos, a demora para finalização da obra vem provocando reclamações.
O prazo máximo de 90 dias está previsto no contrato feito pela Administração do TRT. O Setor de Projetos e Obras do Tribunal informa que estão em reforma oito banheiros no térreo, segundo e terceiro andares, além da construção de um sanitário na entrada do prédio para pessoas com necessidades especiais. Os banheiros estavam com problemas de vazamento e de escoamento de água. Além do conserto, revestimento e louças também serão trocadas.
A avaliação foi a de que a reforma feita de uma só vez reduziria o tempo de obra e de exposição dos servidores a ruído excessivo. Foi decidido agora que, assim que o trabalho for encerrado em um dos sanitários dos três andares, ele será imediatamente liberado para uso, evitando a sobrecarga no primeiro andar.