Porto Alegre investirá R$ 3 milhões para trazer Fórum Social em 2005


Por Janice Miranda

A menos de um mês do início do IV Fórum Social Mundial (FSM), em Mumbai, na Índia, o prefeito de Porto Alegre, João Verle (PT), reuniu a imprensa para anunciar que já conta com apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB), para trazer de volta ao país a edição de 2005 do encontro.

O primeiro sinal de que a quinta edição do FSM será prioridade no último ano de Verle na prefeitura antes das próximas eleições vem do orçamento. O prefeito promete aumentar a verba investida, que foi de R$ 1,5 milhão em sua edição de 2003, para R$ 3 milhões, em 2005.

O apoio da prefeitura de Porto Alegre é uma boa notícia para os movimentos sociais e ONGs que participam do FSM. Oficialmente, a organização do evento é tarefa de suas duas principais instâncias, o Conselho Internacional e o Comitê Organizador, formados por representantes dessas entidades. No entanto, a participação de governos mostrou-se fundamental nas três primeiras edições do fórum, todas realizadas na capital gaúcha com apoio do governo do Estado e da prefeitura.

Segundo Verle, o governador se comprometeu, inclusive, com auxílio financeiro, em valores que ainda serão definidos. No próximo dia 7, o prefeito de Porto Alegre tem audiência agendada com o secretário especial de relações internacionais do governo federal, Marco Aurélio Garcia.

Da Redação com informações da Agência Carta Maior