Mais de 3 mil servidores vão a Esplanada contra o PLP 01


Mais de 3 mil servidores públicos federais, de todos os estados brasileiros, reuniram-se na terça-feira (12), em Brasília, para protestar contra a aprovação do PLP 01 (Projeto de Lei Complementar) que pretende limitar investimentos públicos pelos próximos 10 anos. Diversas categorias, em greve e mobilizadas, atravessaram a Esplanada dos Ministérios lembrando os prejuízos que o brasileiro terá com atendimento público cada vez mais frágil.
A Condsef (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal) firmou uma agenda de negociação no Ministério do Planejamento para tentar dirimir os conflitos instalados. A primeira reunião será nesta quinta (14) e terá a Cultura como tema central. Na seqüência virão os demais setores em greve e com algum acordo firmado.
A passeata contou com participação maciça dos servidores de Brasília, ligados ao Sindsep-DF. Durante a manifestação, representantes do Ibama, Incra, Cultura, Datasus, Ciência e Tecnologia (todos da base da Condsef) e Educação (base Fasubra), em greve, e outros setores, relembraram os acordos firmados entre 2005 e 2006 e ainda não cumpridos.
A CUT (Central Única dos Trabalhadores), que vem participando ativamente das negociações entre servidores e governo, também contou com representante na manifestação. Para a Condsef, o ato na Esplanada foi mais uma demonstração importante da resistência da categoria. A entidade deu seu recado e avisou que continuará lutando para interromper os ataques que vêm sendo promovidos pelo governo contra os servidores e os serviços públicos brasileiros.

Fonte: Condsef