Governo e oposição marcam votação da reforma da Previdência para o dia 25/11


Por Marcela Cornelli

A reforma da Previdência deverá ser votada em primeiro turno no Plenário do Senado no dia 25 deste mês, uma terça-feira, afirmou o líder do governo, senador Aloizio Mercadante (PT-SP). A informação foi dada por Mercadante após uma reunião de líderes no gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), realizada ontem (13/11).

Participaram da reunião, além de Mercadante e Jereissati, os líderes do PT no Senado, Tião Viana (AC), do PSDB, Arthur Virgílio (AM), do PFL, José Agripino (RN), Efraim Morais (PFL-PB), e do PMDB, Renan Calheiros (AL).

O governo quer realizar as votações das duas reformas – Previdência e tributária – até o final do ano. “Essa possibilidade é diretamente proporcional à boa vontade do governo para negociar”, afirmou o líder do PFL, José Agripino (RN).

Durante a reunião, a oposição manteve-se contrária à chamada PEC paralela de reforma da Previdência (nº 77/2003), defendendo a inclusão de emendas modificativas na PEC original.

O governo, entretanto, continua a não aceitar mudanças na PEC original para evitar que a matéria seja devolvida à Câmara dos Deputados para nova votação.

Fonte: Agência Brasil