Em primeira reunião de 2021, Fonasefe destaca ação em defesa da vida, vacinação para todos e luta contra a Reforma Administrativa


O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) se reuniu pela primeira vez em 2021, na terça-feira (5), para o pontapé inicial deste ano que será de luta em defesa do serviço público, das servidoras, servidores e da sociedade brasileira. Os coordenadores Fabiano dos Santos e Thiago Duarte participaram do encontro.

Além da Fenajufe, presença do ANDES-SN, ASSIBGE-SN, Sindireceita, CSP-Conlutas, Fenasps, Condsef, Sinasefe, Sinait, Asfoc-SN, Sinal, CNTSS, Fasubra, CUT, CTB, Intersindical-CCT. Entidades convidadas: SINDMPU, Fórum Sindical e Popular por Direitos e Liberdades Democráticas, Auditoria Cidadã da Dívida e Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

Os dirigentes discutiram a execução imediata de uma ação em defesa da vida e da vacina para todos, dada a incapacidade do governo Bolsonaro de promover um plano nacional de vacinação. O Fórum propôs para debate entre as entidades a indicação do dia 1º de fevereiro com Dia Nacional de Luta pela Vacina para todos e contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) e as privatizações.

Indicação também de atividade no dia 24 de janeiro, Dia Nacional dos Aposentados e a possibilidade da construção de uma mesa do Fonasefe no Fórum Social Mundial que vai ser realizado de forma virtual nos dias 25 a 30 de janeiro. Além disso, construção de um manifesto do Fonasefe.

Outro ponto importante discutido no encontro foi a campanha salarial dos servidores públicos federais. Ficou definido que as entidades devem avaliar a realização de uma Reunião Ampliada do Fonasefe para organizar a luta contra a PEC 32/2020 e a campanha salarial de 2021.

Demais encaminhamentos:

– Carta aos candidatos a presidência da Câmara e do Senado, elencando o conjunto de projetos de interesse dos servidores e apresentando a posição do FONASEFE sobre essas matérias;

– Aprofundar nas próximas reuniões do Fonasefe o debate sobre a ampliação e as iniciativas de uma campanha de comunicação, com possibilidades de novos rateios para garantir uma ampla divulgação;

– Realização, na próxima semana, de reunião do coletivo jurídico das entidades do Fonasefe e das assessorias de comunicação;

– As entidades devem iniciar uma discussão na base sobre a construção de UMA JORNADA DE LUTA;

– As entidades devem retomar o debate sobre a campanha de Solidariedade;

– Próxima reunião do Fonasefe em 14 de janeiro, ampliada aos movimentos sociais, fóruns estaduais e Centrais Sindicais.

Raphael de Araújo, da Fenajufe