TRT-SC não aparece na lista do CSJT de contemplados com crédito suplementar


O TRT-SC não aparece na lista do Ato do CSJT nº 151, de 21 de dezembro de 2020, que abre ao Orçamento da Justiça do Trabalho, em favor dos Tribunais Regionais, crédito suplementar no valor global de R$ 16.786.823,00 para reforço de dotação constante da Lei Orçamentária vigente. Só constam os TRTs da 1ª, 2ª, 9ª, 15ª, 16ª, 17ª, 18ª e 22ª Região.
Pelo Ato, esses Regionais receberam crédito suplementar para, entre outras rubricas, Assistência Médica e Odontológica. Esse crédito seria fundamental para o TRT-SC. Pouco antes do recesso, servidores foram pegos de surpresa com a redução de valores a serem repassados. Com a adoção de resolução do CNJ, quem está nas maiores faixas etárias agora recebe mais, em especial de 49 anos para cima. Esse é o critério usado pelas operadoras de plano de saúde para cobrar os valores. O problema é que esse critério não resolve de fato o problema, visto que o servidor continua não recebendo o que efetivamente paga para o plano.
A coordenação do Sintrajusc levou ao Diretor-Geral do TRT-SC, Dilcionir José Furlan, em reunião dia 17/12, a preocupação com as mudanças adotadas para o repasse de auxílio saúde aos servidores. Ele ficou de fazer contato com o CSJT para verificar se a suplementação orçamentária que estava vindo do Conselho podia ser usada para melhorar o auxílio saúde, mas ainda não houve retorno ao Sindicato. A nova direção do Sintrajusc já marcou reunião para 11 de janeiro para debater os rumos a tomar, em especial neste período de pandemia, em que não são poucas as preocupações com a saúde.