Em ato público em Brasília, entidades pedem a suspensão da tramitação da PEC 32; petição com quase 150 mil assinaturas é entregue ao presidente da Câmara


Várias entidades representativas do serviço público, como a Fenajufe, realizaram um ato público em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 9. O ato foi organizado pela Frente Mista do Serviço Público e por entidades sindicais e teve como objetivo pedir a suspensão da tramitação da PEC 32, de “Reforma” Administrativa.

O ato teve também a participação de parlamentares contrários à proposta que visa o fim do funcionalismo e a destruição dos serviços. O deputado Rogério Correa (PT-MG), um dos coordenadores da Frente Mista, reforçou a importância da unidade para enfraquecer o governo e derrubar a PEC. Também estiveram presentes as deputadas Alice Portugal (PCdoB-BA), Erika Kokay (PT-DF) e Fernanda Melchionna (PSOL-RS) e o deputado Israel Batista (PV-DF).

A PEC 32 teve sua admissibilidade aprovada no dia 25 de maio na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e, nesta quarta-feira, foi instalada a comissão especial que irá analisar a proposta. O deputado Darci de Matos (PSD) é o único catarinense titular. Ele também foi relator da PEC 32.

Diante desse avanço no andamento da proposta, intensificar a pressão contra a “reforma” torna-se urgente e necessário. A unidade das categorias, classe trabalhadora e sociedade civil neste momento é fundamental.

Petição com quase 150 mil assinaturas pede a suspensão da tramitação

Um abaixo-assinado com quase 150 mil assinaturas foi entregue, à tarde, para o presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP-AL). O documento pede a suspensão da tramitação da PEC 32 durante o período que durar a pandemia e as restrições de atividades presenciais. Sem a participação de representações sociais nas dependências da Câmara dos Deputados, fica impossibilitada a necessária discussão tão necessária sobre o tema.

Veja em https://bit.ly/2T4WNEz o material da terceira campanha de mídia do Sintrajusc contra a PEC 32.

Com informações da Fenajufe