CUT/SC participa de “Marcha sobre Brasília pelo salário mínimo”


Por Imprensa

A Central Única dos Trabalhadores de Santa Catarina se unirá às outras estaduais da CUT na “Marcha sobre Brasília pela Recuperação do Salário Mínimo e Correção da Tabela do Imposto de Renda”, programada para os dias 13 a 15 de dezembro.

De Santa Catarina sairão dois ônibus para reforçar a mobilização pela garantia do mínimo de R$ 300,00. Também acontecerão atividades no Estado simultaneamente. No Oeste, Norte, Sul e na capital do estado. A CUT quer incluir o aumento do mínimo nas discussões do Orçamento da União para 2005, antes que seja votado. “Vamos pressionar deputados e senadores porque o País precisa de uma política gradativa de recomposição do salário mínimo e essa discussão está vinculada ao Orçamento”, disse o presidente da CUT/SC, Paulo Roberto Gonçalves.

Além de Santa Catarina, pelo menos mais 12 Estados irão participar da manifestação. Os dirigentes irão se concentrar, dia 12 de dezembro, à noite, em Luziânia, GO, para, na manhã seguinte, iniciarem a caminhada à pé rumo à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, DF, com chegada prevista para o dia 15. Os sindicalistas irão caminhar 15 km por dia.

Em Brasília, a CUT instalará uma lona de circo, em frente ao Congresso Nacional, para recepcionar os manifestantes. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, também estarão na capital federal, nesta data.

Durante o dia 15 de dezembro, uma comissão de dirigentes vai tentar uma reunião com o Presidente Lula e visitar ministros e parlamentares em seus gabinetes, para convencê-los a incluir a discussão do aumento do salário mínimo nas votações do Orçamento de 2005.

Fonte: CUT/SC