Continua coleta de assinaturas para urgência do reajuste no Senado. Hoje tem Assembleia


O SINTRAJUSC tem Assembleia/Ato nesta sexta-feira (17), às 16 horas, na entrada do prédio-sede da Justiça Federal (avenida Beira-mar Norte), para debater a mobilização pelo reajuste salarial.

O transporte passará às 15h30 nos Gabinetes, 15h40 no TRT (onde devem aguardar os servidores do TRE) e 15h45 no prédio das Varas (fundos)

Fenajufe e sindicatos filiados continuam no Senado, nesta quinta-feira (16/6), em busca das assinaturas que vão viabilizar a apresentação do Requerimento de Urgência para os PLCs 26/16 (MPU) e 29/16 (PJU), do reajuste salarial. Com isso, a estratégia é levar os projetos para apreciação do plenário já na próxima semana, independente da agenda na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde tramitam.

Nesta quinta-feira (16/6), coordenadores da Federação e dirigentes sindicais estiveram com a presidente da CAE, senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) para tratar do andamento dos projetos na Comissão. Hoffman articula para que a reunião da Comissão na terça-feira (21/6), seja convocada para as 9 horas, evitando assim concorrência com a Comissão Especial do Impeachment. Essa convocação ficaria a cargo do senador Raimundo Lira, que além de ser vice-presidente da CAE, preside a comissão que trata do impedimento de Dilma Rousseff.

Gleisi Hoffmann confirmou a relatoria do PLC 26/16 para o senador Valdir Raupp (PMDB/RO), enquanto que a do PLC 29/16 estaria para ser definida entre os senadores José Medeiros (PSD/MT) e Jorge Vianna (PT/AC).

Ainda segundo Hoffmann, a tramitação dos projetos na Comissão será tranquila. Ela inclusive teria pedido ao senador Ricardo Ferraço (PSDB/ES) que retirasse o pedido de audiência pública para discutir os projetos ou que essa audiência acontecesse na terça-feira mesmo, antes do início dos trabalhos da Comissão.

No final da tarde Jorge Viana foi confirmado como relator e, segundo informou em conversa com coordenadores no início da noite, vai trabalhar rapidamente para apresentar o parecer ao projeto na sessão da terça-feira.

Dos 54 senadores necessários, até o momento 39 assinaram o requerimento de urgência que pode levar os projetos diretamente para o plenário do Senado:

– Álvaro Dias (PV/PR) – líder do PV – representa 1 senador

– Elmano Ferrer (PTB/PI) – líder do PTB – representa 3 senadores

– Paulo Rocha (PT/PA) – líder do bloco PT/PDT – representa 13 senadores

– Randolfe Rodrigues (Rede/AP) – proponente – 1 senador

Senadores que confirmaram a assinatura na próxima semana:

– Lídice da Mata (PSB/BA) – líder do bloco Socialismo e Liberdade – representa 10 senadores

– Omar Aziz (PSD/AM) – líder do bloco Democracia Progressista – representa 11 senadores

Há ainda a promessa do líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), de assinar a urgência, o que representaria mais 19 senadores, se cumprida.

Diante do quadro que finaliza a semana, mais uma vez a Fenajufe reforça orientação para os sindicatos atuarem com pressão máxima sobre os senadores nos estados. Pressão que também deverá ser exercida pela categoria na próxima semana, através da presença nos corredores e galerias do Senado. Nas internet a pressão é constante e nova mobilização maciça vai acontecer na terça-feira (21/6) através das redes sociais.

Da Fenajufe