Começa nesta sexta a XI Plenária Nacional da Fenajufe


Por Marcela Cornelli

De 28 a 30 de novembro, cerca de 150 pessoas, entre delegados e observadores, vão debater, na XI Plenária Nacional da FENAJUFE, as principais questões que marcaram a trajetória de luta dos servidores em 2003, em especial as mobilizações contra a aprovação da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo.

Os participantes vão fazer uma avaliação da greve nacional que durou mais de um mês e que atingiu, além do Judiciário e MPU, as outras categorias do funcionalismo público federal.

Importantes temas que permeiam a realidade dos trabalhadores, como as reformas do Judiciário, Trabalhista e Sindical também estarão presentes nos debates da Plenária.

No primeiro dia (28/11), os trabalhos irão iniciar às 9h e em seguida será aprovado o Regimento Interno da Plenária, às 9h30. Às 10h30, serão apresentadas as teses, com espaço para debates. Ainda no dia 28, a partir das 14h30min, será discutida a prestação de contas da Fenajufe. O encerramento dos trabalhos está previsto para às 18h. Em seguida, os participantes poderão assistir à atividade cultural, preparada pela organização da Plenária.

No dia 29, tanto de manhã quanto à tarde, os delegados e observadores se reunirão em grupos de trabalho para debater as teses apresentadas em torno da pauta da Plenária (Conjuntura; Reformas – do Judiciário, Trabalhista e Sindical; Prestação de Contas; Organização Sindical, Plano de Lutas; e Calendário do Judiciário e MPU). Às 18h será a reunião dos relatores dos grupos.

Os trabalhos se encerram no domingo, dia 30, com a aprovação das resoluções na plenária final.

Estarão representando nossa categoria na Plenária os seguintes dlegados (eleitos pela última Assembléia Geral): Angela Albino (TRT), Lucia Haygert (TRT), Caio Teixeira (TRT), Elacy Carmem Presses Marocco (TRT), Pedro José de Carvalho (Justiça do Trabalho de Imbituba) e Manoel Prazeres (aposentado Justiça Federal). Como suplentes foram eleitos os companheiros Robak Barros (Justiça do Trabalho de Imbituba) e Sérgio Murilo de Souza (TRT).

Com informações da FENAJUFE