Adiada para hoje decisão sobre Previdência


Por Marcela Cornelli

A última votação da reforma da Previdência, que deveria ter ocorrido ontem, foi adiada para hoje, a partir das 14h30min. A decisão foi tomada pelos líderes partidários.

O adiamento foi decidido por volta das 17h, quando se encontravam em Plenário 77 dos 81 senadores – quatro a menos que na tarde do dia 26 de novembro, quando a reforma foi aprovada em primeiro turno. O PFL ponderou ainda que, regimentalmente, não poderia haver a votação no mesmo dia em que a CCJ examinou as emendas de Plenário – que ocorreu ontem, às 15h30min. O líder do PFL, senador José Agripino, lembrou que o Regimento Interno do Senado exige prazo de 24 horas entre as votações de comissão e de Plenário, período em que a decisão é publicada para conhecimento de todos os senadores.

O parecer do relator Tião Viana (PT-AC) sobre as emendas de Plenário, em segundo turno, foi lido em reunião extraordinária da CCJ às 23h30min de terça-feira. Na tarde de ontem a comissão aprovou o parecer, que aceitou quatro das nove emendas – todas com pequenas alterações de redação, sem modificar o conteúdo.

Fonte: Agência Senado