Veja como está a mobilização nacional pelo reajuste salarial


A Greve por tempo indeterminado dos servidores do Distrito Federal completou nesta quarta, 8 de agosto, uma semana, e ganhou um reforço importante na terça, 7, com a adesão dos servidores do MPU. Ainda nesta quarta, 8, o movimento nacional foi intensificado com a deflagração da Greve pelos servidores de São Paulo e de Mato Grosso. Na segunda, 13, será a vez de SC. 

Veja como está a mobilização nacional:

Greve por tempo indeterminado:

Sindjus-DF: Em greve desde o dia 1º de agosto

Sintrajud-SP: A adesão maior é na JT e no TRE

Sindijufe-MT: Em Mato Grosso, a categoria iniciou a Greve nesta quarta

 

Paralisações de 24 horas e datas de início já aprovadas

Sintrajusc-SC: Greve a partir do dia 13

Sindjufe-BA: A categoria aprovou o indicativo de Greve por tempo indeterminado a partir do dia 15 de agosto. Essa data será ratificada em uma nova Assembleia, que será realizada possivelmente no dia 14.

Sindjuf-PB: Servidores da Paraíba decidiram que irão paralisar as atividades por 24 horas no TRE-PB, durante o dia 15, com direito a piquete e manifestações. Um comitê foi definido para visitar o TRT, as Varas do Trabalho e Justiça Federal e convidar os demais servidores a também se mobilizar. No dia 15 será realizada nova assembleia de indicativo de Greve

Sintrajufe-RS: Em Assembleia Geral nesta quarta-feira, 8, os servidores do Judiciário Federal do Rio Grande do Sul aprovaram deflagração de Greve por tempo indeterminado a partir de 15 de agosto