TRT/MG garante indenização de transporte aos oficiais que fizeram greve


Depois de o TRE acatar o pedido do Sitraemg em favor do abono das faltas para os servidores que entraram em greve pela aprovação do PCS, outra vitória foi conseguida pelo sindicato, desta vez com relação ao TRT, que decidiu pagar integralmente a indenização de transporte aos oficiais de Justiça, que estavam em greve. De acordo com informações do sindicato, a administração do TRT optou por essa decisão, levando em conta que os mandados represados estavam sendo cumpridos.
No entanto, a categoria e o sindicato precisam continuar na luta para garantir outras conquistas na Justiça do Trabalho. Na última quinta-feira [10], o presidente do sindicato, Carlos Antônio Ferreira, entrou novamente em contato com o TRT e obteve a informação de que o tribunal mineiro pretende, numa atitude isolada à dos outros tribunais, cortar o auxílio alimentação referente aos dias não trabalhados pelos servidores que aderiram à greve.
Diante desse posicionamento do TRT, o Sintraemg entrará nesta semana, com pedido administrativo, solicitando o fornecimento integral do auxílio alimentação.

Fonte: Sitraemg/MG