Sintrasem faz paralisação nesta segunda, 16


Os mais de mil trabalhadores da Prefeitura que participaram da assembleia desta quinta-feira, 12 de março, aprovaram a Pauta de Reivindicações da Data-Base 2009, e decidiram realizar um dia de PARALISAÇÃO na próxima segunda-feira, 16 de março.
Muitos sãos os motivos que levam a categoria a parar: a luta pela revogação do Fundo de Previdência; corte das oito horas do quadro Civil; atraso de 60 dias no pagamento dos salários dos ACTs; reajuste salarial previsto para janeiro de 2009 (do Acordo Coletivo 2005) e que não foi cumprido, entre outros pontos.
Foram eleitos cinco companheiros para a comissão de negociação da Data-Base: Márcio e Alex da diretoria do Sintrasem, Miliane da Educação, Macedo da Operacional e Cristiano da Vigilância Sanitária.
No dia 16 de março haverá assembleia, no Clube Doze de Agosto, às 9h, para discutir e encaminhar as próximas ações.
EM MOVIMENTO
Depois da assembleia, a categoria realizou passeata pelo centro da cidade, com a costumeira parada na frente do gabinete de Dário Berger (na Tenente Silveira) para dar o recado que estão prontos para lutar pelos seus direitos. Logo após, uniram-se a grande manifestação contra a criminalização dos movimentos sociais da qual participaram a Frente de Luta contra o Aumento da Tarifa, os professores estaduais (Sinte) que também realizaram assembléia de organização da sua data-base, APRASC, e muitos outras entidades do movimento popular e sindical.

Fonte: Sintrasem