SINTRAJUSC reúne-se com presidente da Amatra 12


Os Coordenadores do SINTRAJUSC Sérgio Murilo de Souza e Paulo Koinki reuniram-se no dia 24 como o presidente da Amatra 12, José Carlos Kulzer, para conversar sobre temas como a luta pelo PCS, as metas impostas a servidores e magistrados e as repercussões disso na saúde e nas condições gerais de trabalho.

O juiz observou que a relação entre metas e saúde foi discutida no XVI Congresso Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Conamat), realizado em maio em João Pessoa. Sobre a atual situação dos magistrados, ele usou a metáfora da “cozinha limpa”: os processos chegam, são distribuídos, analisados, julgados, sem parar, e a sensação é a de que nunca se está com a “cozinha limpa”, trabalho feito, ou seja, a impressão é a se estar em uma fábrica de sentenças. “A estatística é necessária, dá uma visão do todo, mas tem que ser trabalhada com outros olhos, com outro entendimento”, disse o juiz.

Os Coordenadores do Sindicato, assim como fizeram na reunião com o juiz federal Vilian Bollmann, que será Secretário-geral da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), pediram apoio das duas entidades à reivindicação dos servidores em relação ao PCS.