Sindicatos e Fenajufe continuam contatos com líderes partidários


Diretores da Fenajufe e representantes de vários sindicatos estiveram, na segunda (3) e na terça-feira (4), no Congresso Nacional acompanhando os trabalhos das duas Casas e conversando com vários parlamentares sobre a tramitação dos projetos que revisam os PCSs dos servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União. Os integrantes do Comando Nacional de Mobilização conversaram com os presidentes da Câmara e do Senado, Aldo Rebelo [PCdoB/SP] e Renan Calheiros [PMDB/AL], respectivamente; com o vice-líder do governo, deputado Beto Albuquerque [PT/RS]; com o líder do PT na Câmara, Henrique Fontana [PT/RS]; e com os deputados Daniel Almeida [PCdoB/BA] e Jutahy Magalhães [PSDB/SP].
Na oportunidade, os dirigentes sindicais obtiveram informações sobre como andam as negociações entre a base governista e a oposição para definir o calendário de votações antes de iniciar o recesso parlamentar. De acordo com os parlamentares, está sendo negociado um acordo entre as lideranças governistas e da oposição com o objetivo de desobstruir logo a pauta de votação da Câmara e do Senado.
Os deputados Aldo Rebelo e Beto Albuquerque e o senador Renan Calheiros informaram aos integrantes do Comando Nacional de Mobilização que os PL 5845/05 e 6469/05 estarão entre os projetos prioritários a serem votados após a desobstrução da pauta de votação do plenário da Casa. Renan Calheiros também assumiu o compromisso de acelerar a votação dos projetos assim que os mesmos chegarem no Senado. Atualmente, trancam a pauta da Câmara quatro medidas provisórias e quatro pedidos de urgência constitucionais. As sessões convocadas para segunda e terça não obtiveram quorum e, por isso, nenhuma MP foi votada.
No início da tarde de ontem (terça), após retornar dos trabalhos na Câmara dos Deputados, o comando se reuniu na sede da Fenajufe para discutir as atividades dos próximos dias. Em função do calendário eleitoral e do recesso parlamentar, que começa no dia 15 de julho, os diretores da Fenajufe e os representantes dos estados avaliaram que a prioridade agora é reforçar a pressão no Congresso Nacional, uma vez que a próxima semana já é a última que terá sessão deliberativa. As sessões que votarão as medidas provisórias e os projetos considerados prioritários devem acontecer na segunda, terça e quarta-feira.
Por isso, o Comando de mobilização e a Fenajufe orientam que os sindicatos retomem os contatos com os parlamentares nos estados a partir de amanhã, especialmente com os líderes dos partidos. O objetivo é garantir o apoio de todos os deputados e senadores à aprovação do PCS e que os mesmos estejam em Brasília a partir de segunda-feira, 10 de julho, para garantir o quorum necessário à votação das matérias.
Para reforçar o comando nacional de mobilização na próxima semana, os sindicatos devem garantir a presença aqui em Brasília de pelo menos um representante, a partir da segunda-feira.

Fonte: Fenajufe (Leonor Costa)