Servidores da Justiça Eleitoral no Ceará entram em greve a partir de amanhã


Em vários estados do país, a categoria discute a deflagração da greve por tempo indeterminado, a partir de quarta-feira, 31 de maio. A expectativa é que os servidores decidam, nas assembléias, a retomada do movimento grevista pela aprovação do novo PCS, uma vez que até o momento o governo não apresentou nenhuma proposta sobre a previsão orçamentária.
No Ceará, os servidores da Justiça Eleitoral decidiram ontem a adesão à greve, em assembléia realizada às 16h. A assembléia foi organizada pelo Sinje/CE, que espera uma boa participação da categoria da Eleitoral, em especial por ser considerado um setor estratégico do Judiciário Federal, pelo fato de este ser um ano eleitoral.

Fonte: Fenajufe