Servidor mantém mobilização pelo PCS


Governo e STF têm até o dia 31 para resolver
impasse da data de implementação do PCS

Com a aprovação ontem (17)do PCS na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, a assessoria parlamentar da Fenajufe já está trabalhando para agilizar, no mais curto prazo, a tramitação final do projeto, enquanto o governo acerta com o STF os re-cursos necessários à sua implementação.
Com exceção do estado de São Paulo e da Justiça Eleitoral da Bahia, os demais estados suspenderam a greve até o dia 31, quando, se não houver solução até lá, será retomado o movimento paredista, até resolver.
Negociações em várias frentes estão sendo feitas pela Fenajufe e pelos sindicatos para conseguir fechar o acordo.
Ainda ontem (17),representantes da Fenajufe reuniram-se com o vice-presidente da República, José Alencar, que se manifestou favorável à reivindicação dos servidores do Judiciário Federal.Ele se comprometeu em apoiar uma rápida tramitação.
Durante a audiência, Alencar foi informado pelos coordenadores da Fenajufe de todos os passos do PCS até a aprovação de ontem na Comissão de Finanças e Tributação. O vice-presidente recebeu uma cópia do projeto de lei e um dossiê sobre o PCS. Ainda durante a reunião, ligou para vários ministros para se informar do andamento das negociações e cobrando agilidade.
Na segunda-feira, 22, às 14 horas, o Sintrajusc já agendou reunião com o relator-geral do Orçamento da União, deputado Carlito Merss (PT/SC), para discutir o acordo que garanta a inclusão dos recursos no Orçamento. A reunião acontece em Joinville.
No Judiciário, a ministra Ellen Gracie, presidente do STF, que teve papel importante para garantir a votação de ontem, prometeu manter o empenho pela construção do acordo com o governo no prazo de 10 dias.
Em todo o País, os servidores que voltaram ao trabalho se mantém mobilizados, acompanhando as negociações e com disposição para voltar à greve caso não seja garantido o pagamento em junho até o dia 28 quando ocorre nova reunião ampliada da Fenajufe e todos os sindicatos dos estados.
O calendário proposto pelo Comando Nacional de Greve e aprovado pela ampla maioria dos estados prevê ainda a realização de rodada nacional de assembléias em todos os estados no dia 30 de maio.

Dias parados

Reunião com a administração do TRT amanhã, sexta-feira, às 16 horas, discutirá acordo para a reposição do trabalho durante o período de greve. Um primeiro contato já foi mantido ontem, com o Presidente do Tribunal que se mostrou aberto a negociar nos termos do que vem sendo feito nas últimas greves da categoria, com o compromisso dos servidores de colocarem em dia o serviço não realizado durante a greve, num prazo de duas vezes o tempo de duração da greve. Na Justiça Federal, o sindicato já está buscando contato com a Direção do Foro de SC.

Calendário de Lutas da Fenajufe

·28 de maio – reunião ampliada
·30 de maio – rodada nacional de assembléias
·31 de maio – indicativo de retomada de greve, caso não haja acordo