Quarta tem Apagão no Judiciário e na quinta Ato em Porto Alegre


Nesta quarta, 29, será realizado em todo o país o Apagão no Judiciário Federal, quando os servidores darão dois recados: o descontentamento com o veto ao PLC 28 e com a falta de iniciativa do STF em relação à absurda justificativa do Executivo de que o projeto é inconstitucional. Também irão chamar a atenção dos parlamentares para que derrubem o veto presidencial. Nessa terça os grevistas passam nas três Justiças para convidar os colegas a participar do Apagão.
 
Já na próxima quinta-feira, 30 de julho, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, estará em Porto Alegre participando de um evento no Foro Central. O SINTRAJUSC está disponibilizando ônibus para que os colegas de SC se unam aos do RS para recepcionar o ministro com muita luta pela reposição salarial da categoria. Será a Marcha pela Reposição Salarial e Derrubada do Veto, com o objetivo de cobrar de Lewandowski um posicionamento claro em defesa dos interesses dos servidores e pela derrubada do veto ao PLC 28/2015.  O ônibus sairá de Florianópolis às 6 horas. Hoje uma lista passará entre os grevistas para colher nome e identidade dos interessados. Colegas do interior que desejam participar devem enviar e-mail para administrativo@sintrajusc.org.br até às 16 horas do dia 29. O Ato será às 13h em ponto, quando a categoria sairá em marcha em direção ao Foro Central, carregando nossa força e nossa indignação contra as tentativas de barrar o PLC 28/2015.
 
Cartórios Eleitorais entram na Greve
 
Colegas de 12 Cartórios Eleitorais aderiram ao movimento grevista a partir desta semana. Outros 3 Cartórios aderem a partir de 8 de agosto. A tendência é que a adesão cresça ainda mais, porque é visível o aumento da informação e conscientização dos colegas, mobilizados em prol da nossa valorização profissional. Já estão na Greve: Brusque (2 ZEs), Campos Novos, Lages (3 ZEs), São Bento do Sul, Chapecó, Balneário Camboriú (2 ZEs), Imbituba e Barra Velha. 

 
Apoio dos parlamentares
 
Os Coordenadores do SINTRAJUSC Paulo Roberto Koinski e Pedro Antônio de Oliveira, integrantes do Comando de Greve da JF e servidores de Itajaí, Balneário Camboriú, Brusque e de Florianópolis conversaram nesta segunda-feira com o deputado federal Jorginho Mello (PR/SC) para pedir apoio à derrubado do veto ao PLC 28, do reajuste. "Se o meu voto decidir, contem comigo", declarou o deputado, que recebeu dos servidores toda a documentação sobre a tramitação do projeto e os desdobramentos até o veto da presidente Dilma Rousseff.
 
Os servidores também já fizeram contato com a deputada Federal Geovânia de Sá (PSDB/SC), que se comprometeu a votar pela derrubada do veto, assinado um termo de compromisso, e com o deputado Marco Tebaldi (PSDB), que também apoiou os servidores. Como a reunião com Tebaldi foi antes do veto, haverá nova audiência quarta, dia 29, em Joinville.