Primeiro “apagão” no Piauí acontece nos cartórios em Teresina e no interior


Servidores do Judiciário Federal do Piauí se reuniram nos cartórios do estado no primeiro dia de “apagão” do ano. A data foi aprovada pela Fenajufe como forma de fortalecer o movimento paredista para a semana que vem, quando será o período do registro eleitoral. Em Teresina, os servidores se reuniram em frente ao cartório da 1ª Zona. Servidores de Parnaíba, Luís Correia e Buriti dos Lopes se reuniram no cartório de Parnaíba para o apagão. Outros municípios do interior também participaram do movimento, a exemplo de Campo Maior, com a diretora do Sintrajufe-PI e servidora do TRE, lotada no cartório daquela localidade, que deixou o serviço e participou da manifestação em Teresina.

Entre as discussões, houve a deliberação da assembleia de que a partir de agora o apagão da próxima semana seja divulgado sem especificar a data para imprensa. Uma preocupação dos militantes é que os candidatos realizem o registro eleitoral até a terça, exatamente para evitar o apagão. “Ontem o simples fato de eu ter colocado um adesivo no cartório de Campo Maior, já causou uma repercussão boca a boca e a partir de então eu recebi oito ligações de pessoas perguntando se o registro ia ser até terça”, relata Catarina, ao enfatizar também que a mobilização e caracterização dos servidores gera grande repercussão.

O ponto central da discussão foi a necessidade de mobilização e participação da categoria nos dias 04 e 05 [próximas quarta e quinta]. Segundo orientação da Fenajufe, é preciso parar o registro de candidatura nestes dias, mas os servidores, especialmente os lotados nos cartórios eleitorais reiteram a necessidade de que toda a categoria se envolva no evento. “É injusto exigirem que os seis servidores envolvidos no processo do registro eleitoral encarem sozinhos esta luta em Teresina. Se houver uma mobilização grande para fechar o cartório nestes dias, a nossa luta terá respaldo, mas se não, não há como seis em uma categoria de mil viabilizar isso”, desabafa um servidor.

Para que os apagões sejam efetivados, o Sintrajuf-PI orienta que todos os participantes do movimento de hoje e demais servidores, convoquem os colegas para participarem dos eventos na próxima semana. A intenção do sindicato é reunir pelo menos cem pessoas em frente ao cartório da 1ª zona e barrar a entrada de todos os servidores. “Para isso, basta que duas pessoas de cada sala de todos os órgãos compareçam”, afirma o diretor Pedro Laurentino. A orientação é que os servidores do interior também paralisem as atividades nos dias 04 e 05. O sindicato recomenda ainda aos servidores do TRT e da Justiça Federal no interior darem apoio aos servidores dos cartórios eleitorais.

A partir desta quinta-feira [28] o Sintrajufe-PI vai fazer reuniões setoriais para mobilizar a maior quantidade de servidores possível. Confira abaixo a programação.