Presidente do TRF 2 discutirá jornada de 6 horas no Conselho Administrativo


Após assumir o compromisso com a direção do Sisejufe/RJ de discutir a regulamentação da jornada de 6 horas para os servidores do Tribunal Regional Federal [TRF] da 2ª Região no Pleno, o presidente do órgão, desembargador Joaquim Antônio Castro Aguiar, declarou que pautaria o assunto em reunião do Conselho Administrativo. Segundo o Sisejufe, a informação foi dada por Castro Aguiar na semana passada aos conselheiros da Casa.

“O sindicato marcará uma reunião com o desembargador Castro Aguiar para garantir que a questão da jornada de 6 horas seja pautada e discutida pelo conselho”, afirma Roberto Ponciano, diretor do Sisejufe.

No dia 15 de abril, em reunião com os diretores do Sisejufe Valter Nogueira Alves [também coordenador da Fenajufe] e Ricardo de Azevedo Soares, o desembargador adiantou que levaria o assunto com uma proposta concreta para ser discutido na reunião do Pleno do Tribunal. Segundo Ricardo Soares, na ocasião Castro Aguiar foi muito receptivo à possibilidade de reduzir a jornada de trabalho dos servidores nas repartições do TRF.

Atualmente os funcionários do tribunal trabalham oito horas diárias. Na reunião, os diretores do sindicato apresentaram os pontos positivos que a redução da jornada proporciona ao funcionalismo e ao público em geral.

Fonte: Sisejufe/RJ