Pesquisa avalia saúde dos servidores


 
Psicóloga Vera Regina Roesler coordena pesquisa – Foto: Míriam Santini de Abreu
 
A saúde dos servidores é uma das prioridades da atual gestão do SINTRAJUSC. Uma das principais iniciativas neste sentido é a realização da pesquisa “Como vai você?”, que iniciou na Justiça Federal e já foi apresentada à Administração da Justiça do Trabalho e da Justiça Eleitoral. O objetivo é verificar as condições de saúde e de trabalho dos servidores do Judiciário Federal em SC e, a partir do conhecimento desta realidade, propor e encaminhar soluções que atendam a categoria.
Coordenadora do estudo, a psicóloga Vera Regina Roesler desde julho visita os vários setores de trabalho da JF na Capital e em outros municípios para explicar ar proposta, aplicar um questionário e conversar com os servidores. 
O questionário tem três partes. A primeira, na qual a pessoa não se identifica, traça o perfil sociodemográfico dos servidores do Judiciário em SC. Há questões como grau de instrução, tempo de profissão, cargo e jornada de trabalho, entre outras. A segunda tem uma série de afirmações para as quais a pessoa escolhe, em uma escala numérica, a que mais se aproxima da resposta com a qual se identifica. A terceira é integrada por uma série de perguntas sobre a experiência pessoal do servidor (qualidade de vida e saúde no trabalho). Quando necessário, e se assim quiser, o trabalhador também é entrevistado de forma individual.
Os servidores que participarem do estudo podem ficar seguros em relação ao sigilo dos dados. “Seguimos todos os preceitos éticos que regulamentam pesquisas com seres humanos”, diz Vera. Os questionários são lacrados e a tabulação de dados não irá passar pelo Sindicato, que só receberá o relatório final do estudo, sem indicação de setor, cargo ou localidade onde trabalha o entrevistado. A direção do SINTRAJUSC divulgará as informações gerais (apenas os resultados) a todos os servidores, sindicalizados ou não, e que tenham ou não participado da pesquisa.
O questionário-base foi feito por uma equipe de pesquisadores de diversos países para um estudo sobre qualidade de vida e saúde no trabalho em órgãos do serviço público. O objetivo é verificar o contexto de transformações socioeconômicas e culturais que incidem na organização e gestão dessas instituições, assim como na experiência de trabalho dos servidores e na qualidade do serviço prestado. Depois de uma série de reuniões com a Direção do Sindicato, acompanhadas pelo servidor da JF Edson Jorge, que integra o grupo envolvido na atividade, foram acrescentadas perguntas que adaptaram o questionário à realidade do Judiciário Federal.