Paim diz que votação da reforma do Judiciário no senado ficará para setembro


Por Marcela Cornelli

Apesar de ter sido uma das prioridades anunciadas pelo presidente José Sarney para o esforço concentrado do Senado, que começa com a sessão deliberativa da próxima terça-feira (10/8), a votação dos destaques à reforma do Judiciário dificilmente avançará na próxima semana, na avaliação do 1º vice-presidente da Casa, senador Paulo Paim (PT-RS). Ele acredita, entretanto, que a pauta do Plenário será desobstruída.

Segundo informações da Agência Senado, a construção de um acordo entre as lideranças em torno dos 159 destaques à proposta de emenda à Constituição (PEC) que introduz mudanças na estrutura do Judiciário ainda demandará um certo tempo. Para Paim, a conclusão da tramitação da matéria no Senado deve ocorrer apenas em setembro.

Fonte: Agência Senado