Nota de repúdio à decisão irresponsável do TRF4 de submeter servidores(as) e população ao risco de contágio pelo novo coronavírus


Nesta quinta-feira (19), o SINTRAJUSC e o SINJUSPAR (Paraná) fizeram ofício conjunto enviado à Presidência do TRF-4 apelando ao Tribunal para que suspenda o expediente e os prazos processuais no Tribunal.

É com extrema perplexidade e temor que os dois Sindicatos avaliam a decisão do desembargador Victor Luiz dos Santos Laus, de manter o atendimento ao público no TRF-4, desconsiderando as recomendações das autoridades sanitárias.

O expediente e o atendimento seguem praticamente normais, submetendo a população, os servidores, as servidoras e os operadores do Direito ao risco de contágio e de ampliação da pandemia.

O SINTRAJUSC e o SINJUSPAR se somam à orientação da Fenajufe e do Sintrajufe/RS, de repudiar a decisão, e estão atentos para, em caso de contágio em alguma destas unidades do Judiciário Federal ou do MPU, dar assessoramento jurídico e acionar todos os entes responsáveis pelo desatino da Administração daquele Tribunal Regional Federal.

Veja o ofício: 

Oficio_TRF4.pdf (31 downloads)