Na metade do ano, hora de prestar contas e se fortalecer para a luta


Metade de 2021 passou e, mesmo com a pandemia de Covid-19, o Sintrajusc seguiu atuante em defesa dos direitos da categoria. A luta que mais tem exigido empenho é para barrar a “Reforma” Administrativa (PEC 32/20), que tramita agora em Comissão Especial na Câmara dos Deputados. Com a pressão sobre o relator da proposta, deputado Darci de Matos, de Santa Catarina, foi possível tirar do texto o chamado princípio da subsidiariedade, que privatizava funções do Estado, transformando direitos em mercadorias. Mas ainda estão na proposta o fim da estabilidade, o fim dos concursos públicos e a possibilidade de redução de vencimentos. Seguimos informando e mobilizando os servidores e servidoras contra esse desmonte do Estado e dos serviços públicos.

A direção do Sintrajusc reúne-se toda segunda-feira e participa semanalmente das reuniões do Fórum dos Sindicatos dos Servidores Públicos de SC, nas quais se avaliam os próximos passos para barrar essa perversa “reforma”.  Nesses seis meses foram cinco Campanhas de Mídia contra a PEC 32 nas redes sociais, além da instalação de 40 outdoors em Joinville, base eleitoral do relator Darci de Matos, em parceria com mais 21 Sindicatos, sem contar Atos virtuais e presenciais. O corre não é pouco mesmo em meio aos cuidados para manter a saúde diante da pior catástrofe sanitária do século.

REDUÇÃO SALARIAL BARRADA

Entre fevereiro e março, lutamos contra a PEC Emergencial (PEC 186/19), que condicionou a continuidade do Auxílio Emergencial rebaixado ao congelamento salarial e de benefícios dos servidores. A proposta passou no Congresso, mas, depois de muita pressão, conseguimos barrar o dispositivo que previa a redução de 25% da jornada e do salário dos servidores.

CONTRA O DESMONTE DA JUSTIÇA DO TRABALHO

Outra forte campanha, entre maio e junho, foi contra o desmonte da Justiça do Trabalho por meio de mais uma resolução do CSJT, com sérios prejuízos aos servidores e à prestação jurisdicional. O Sindicato mobilizou a categoria por meio de reuniões – como a ocorrida no dia 31 de maio para analisar a proposta – , articulação junto à Fenajufe, reunião com a Presidência do TRT-SC e divulgação de cards nas redes sociais, culminando com Ato no dia 25 de junho em Florianópolis, Rio do Sul e Xanxerê. A proposta acabou aprovada no Conselho, mas o Sintrajusc já encaminhou à Fenajufe proposta para a Federação viabilizar estudo aprofundado da decisão do Conselho à luz da Constituição Federal.

O Sintrajusc também acompanha as reuniões dos Gabinetes de Crise da Covid 19 e das Comissões de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, do Assédio Sexual e da Discriminação nas três justiças em Santa Catarina.

Em meio a essas atividades, ficamos igualmente de olho no andamento das ações judiciais, tendo retomado o Sintrajusc Legal (agora virtual) com colegas de Xanxerê, e cuidamos do dia a dia do Sindicato. Para o segundo semestre, teremos ainda encontro com aposentados e aposentadas, atividades culturais e eleição do Conselho Fiscal.

Convidamos filiadas e filiados a acompanhar as atividades no nosso site e nas redes sociais. Converse com seu/sua colega que ainda não se filiou. Mostre a ele/ela a importância da filiação. Quanto mais filiados, maiores a organização e a força do Sindicato e da categoria. E se você ainda não se filiou, a hora é agora! A luta é grande e cada filiação conta para fortalecermos ainda mais o nosso Sindicato!