Multidão assiste a filme sobre Guerrilha do Araguaia em Xambioá


Foi só Norton Nascimento aparecer na tela e já se ouviu o primeiro grito na multidão: “É o Osvaldão”. Aparece uma atriz e uma nova voz: “É a Dina”. Desta forma, reconhecendo os guerrilheiros e a história da própria cidade, duas mil pessoas acompanharam atentamente a exibição do filme Araguaya, Conspiração do Silêncio, do diretor Ronaldo Duque. Para o morador de Xambioá, o comerciário José de Arimatéia, “agora o Brasil vai conhecer esta história que, por anos muitos, buscaram esconder. É uma memória que ficou apagada no passado e agora começa a se restaurar”.
A enorme presença da população foi uma surpresa, pois a divulgação foi feita só no dia anterior. Mesmo assim desde cedo o povo foi chegando, muitos levando a cadeira e a pipoca. Os equipamentos eram os mais simples: o telão cedido pelo padre e o som pela prefeitura. Na opinião de Zezinho do Araguaia, “o principal feito do filme é que resgatará a auto-estima desta população que vê o valor deles nesta história”. Para ele, a transformação não dá para avaliar agora, mas em um futuro próximo.

Para o diretor Ronaldo Duque, que viajou de Brasília para acompanhar a exibição, “apresentar o filme em Xambioá foi fundamental”. O diretor gostou da reação do público: “parece que gostaram muito, estou feliz por isto”. De Xambioá, Duque, ao lado de Zezinho, viajou para a participação do filme na mostra competitiva do Festival de Gramado com grande expectativa. “A gente se posiciona bem em Gramado, tecnicamente o filme usou o que existe de melhor no cinema mundial e os atores estão muito bem”. (Fonte: Diário Vermelho)