Ministério Público de São Paulo sofre ataque com bomba caseira


A sede do Ministério Público Estadual de São Paulo foi alvo no início desta segunda-feira (7/8) de um ataque com bomba caseira, em ação atribuída até o momento à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).
De acordo com as primeiras informações, a bomba explodiu na entrada do prédio do MPE-SP, destruindo parte da fachada e danificando vidros do edifício. Outros prédios vizinhos também foram atingidos por estilhaços provocados pela bomba.
O PCC também seria o autor de outros ataques ocorridos na cidade a agências bancárias e a postos de gasolina. Entre os ataques está o incêndio de dois carros da Polícia Civil que estavam parados em frente ao Deic (Departamento de Investigação sobre o Crime Organizado), em Santana (zona norte).

Fonte: Anajustra