Movimentos sociais de Minas convocam ato público em Unaí


Por Marcela Cornelli

A CUT Estadual de Minas Gerais reuniu as demais entidades e movimentos sociais do Estado para convocar um grande ato de protesto contra o trabalho escravo, no dia 10 de março. O local da manifestação será a cidade de Unaí.

Foi em Unaí, no Noroeste mineiro, que no último dia 28 foram chacinados quatro servidores da Delegacia Regional do Trabalho, DRT/MG, que investigavam denúncias de trabalho escravo no município. A expectativa do presidente da CUT/MG, José Antônio de Lacerda, o Jota, é de reunir 5 mil pessoas no centro da cidade de 70 mil habitantes.

Jota aponta três eixos da manifestação: primeiro, exigir a rigorosa apuração do Massacre de Unaí, com prisão dos seus mandantes e executores; segundo, garantir o prosseguimento das fiscalizações, já que o crime do dia 28 visou justamente interrompê-las; e terceiro, reivindicar a efetivação da reforma agrária.

Fonte: DIAP