Movimento em defesa do Transporte Público prepara grande manifestação para esta quinta


Por Marcela Cornelli

Diversas manifestações contra o aumento da tarifa de ônibus estão sendo organizadas desde o último dia 28/6 em Florianópolis. Os atos estão sendo organizados por associações de moradores, organizações estudantis e independentes.

Na última sexta-feira (2/7), 5 mil pessoas, segundo estimativa da polícia, fecharam a ponte Colombo Salles. Para amanhã, está sendo programada uma grande manifestação em Florianópolis pela diminuição das tarifas, com a realização de um Ato Público, às 17h, em frente ao Terminal do Centro.

O aumento da passagem foi autorizado no dia 22 de junho, pelo Conselho Municipal dos Transportes. Entrando em vigor no dia 27 de junho, tornando a tarifa de Florianópolis a mais cara do Brasil.

Pressionada pela população, a Prefeita Ângela Amin aceitou abrir negociação numa audiência mediada pela OAB/SC, realizada sexta-feira passada. Na audiência, estiveram presentes os Presidentes da OAB/SC e Nacional, o Presidente da Câmara Municipal, representante da Prefeita, representante do Sindicato dos Empresários do Transporte Urbano, Federação, Sindicatos, professores, parlamentares, advogados, economistas e a população que lotou o auditório da OAB.

Da audiência, sairam garantidas: 1. Abertura imediata de negociação sobre o reajuste da tarifa; 2. Compromisso do Presidente da Câmara Municipal de encaminhar o processo de abertura de CPI do transporte coletivo; 3. O compromisso dos responsáveis pela segurança pública de que não haveriam mais agressões aos manifestantes e de apurar as agressões já perpetradas para punir os responsáveis.

SINTRAJUSC CONVOCA:

TODOS AO ATO AMANHÃ, ÀS 17H, EM FRENTE AO TERMINAL DO CENTRO. A LUTA POR JUSTIÇA SOCIAL DEVE SER DE TODOS!

Da Redação