Morre Duvanier, secretário de Recursos Humanos do ministério do Planejamento


O secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, morreu na noite desta quarta-feira (18) em Brasília de um infarto no coração, informou o governo federal. Paiva, que era o responsável por negociar os reajustes de salários com os servidores, assumiu o cargo em meados de 2007, na gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Com profundo pesar recebi a notícia do falecimento do Secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira. Defensor incansável da democratização nas relações de trabalho, promotor do diálogo e profissional dedicado, Duvanier foi um brasileiro que lutou ao longo da vida pela consolidação da democracia no Brasil. Neste momento de dor me solidarizo com os parentes, amigos, companheiros de profissão e admiradores de Duvanier Paiva”, disse a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, por meio de nota à imprensa.

Duvanier Paiva foi o responsável por negociar com os servidores públicos, no segundo mandato do presidente Lula. Mantido pela presidente Dilma Rousseff no começo do ano passado, Paiva adotou postura radical e vetou reajustes maiores para os funcionários públicos. No orçamento de 2012, por exemplo, o governo barrou um reajuste de mais de 50% pedido pelos servidores do Judiciário.

Nascido em São Paulo (SP) em 1955, Duvanier Paiva foi chefe de gabinete da Secretaria de Gestão Pública da Prefeitura de São Paulo, assessorou a Presidência da Infraero, foi assessor político da Executiva Nacional da CUT, secretário de Formação da CUT Estadual em São Paulo e professor na Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de São Paulo. O velório será realizado no Campo da Boa Esperança, em Brasília, a partir de 12h30, e o enterro acontecerá em São Paulo.

Fonte: G1 – Brasília 19/01/2012