Ministro do Planejamento diz que Lula é “bom patrão” para servidores


Por Marcela Cornelli

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, deu ontem o prazo até o dia 21 de maio para que os servidores aceitem a proposta de reajuste salarial. A categoria que não concordar, será excluída do aumento. O ministro usou novamente o argumento de sempre dizendo que as tabelas de reajustes estão acima da inflação e não há mais recursos para outro acordo. A reunião realizada ontem em Brasília com representantes das entidades que compõe a CNESF, entre elas a FENAJUFE, como noticiamos no boletim de hoje, deixa claro que o governo não irá ceder, se não nos mobilizarmos.

Segundo informações do Portal Vermelho, o presidente do Sindicato Nacional dos Docentes (Andes), José Domingues, disse que a categoria deve aderir à greve geral convocada para o dia 10 deste mês.

Guido Mantega disse ainda que o presidente Lula é um “bom patrão” para os servidores.

Da Redação com informações da FENAJUFE e do Portal Vermelho