Em Defesa do Serviço Público: seminário do Fonasefe começa nesta quarta-feira (12)


Mais de 350 pessoas se inscreveram para o Seminário Em Defesa do Serviço Público e do Estado Democrático Brasileiro organizado pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe). O encontro, que será realizado por videoconferência devido à pandemia de Covid-19, começa nesta quarta-feira (12), a partir das 14h. A Fenajufe transmitirá o encontro na página do Facebook e no Canal do YouTube. O Sintrajusc participará da atividade representado pelos coordenadores Paulo Roberto Koinski e Maria José Olegário.

O coordenador Edson Borowski representará a Federação na mesa “A política de desmonte do estado, as tarefas dos servidores públicos e dos sindicatos” neste primeiro dia do seminário, das 15h30 às 17h30. A mesa contará, ainda, com a Fasubra (Educação); Fenasps (Saúde e Seguridade); Sindireceita (Controle, Fiscalização e Finanças Públicas); Condsef (Administração Direta) e Assibge-SN (Ciência e Tecnologia), além dos palestrantes da Auditoria Cidadã da Dívida e Dieese.

O evento será importante para debater e indicar estratégias de enfrentamento aos ataques do governo e parte do parlamento contra os servidores, além de promover avaliação política da conjuntura atual de privatizações e reformas (Tributária, Previdenciária, Administrativa, Trabalhista e Sindical).

Programação:

1º dia 12/08

  • 14hs – Abertura
  • 14h10 às 15h30 – MESA: A situação do Brasil, os desafios para os sindicatos e para a classe trabalhadora.
  • 15h30 às 17h30 – MESA: A política de desmonte do estado, as tarefas dos servidores públicos e dos sindicatos.

2º dia 13/08

  • 08h30 às 12h – Grupo de Trabalho

Reunião virtual para debater Pauta de Reivindicação, Organização Sindical e Plano de Lutas tendo como objetivo a construção de propostas, ações e estratégias de enfrentamento na defesa da democracia, dos serviços públicos, dos servidores e das organizações sindicais.

3º dia 14/08

  • 14h às 17h – Plenária Final

Apresentação do relatório sistematizado pelas entidades do Fonasefe e encaminhamentos.

Raphael de Araújo, da Fenajufe