Darci de Matos lê relatório favorável à PEC-32 sob tuitaço que o chama de “traidor do Brasil”


Servidores públicos puxaram novo tuitaço na manhã desta segunda-feira, 17 de maio, para defender os serviços públicos e a rejeição da “reforma” administrativa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados. O relator da proposta fez a leitura do relatório favorável à admissibilidade na CCJ pouco depois de seu nome figurar entre os mais comentados no Twitter, com a hashtag #DarciTraidorDoBrasil – mobilização que fez a mensagem ser a sexta mais comentada do dia, chegando a figurar em primeiro lugar, e ser exibida mais uma vez no programa de Fátima Bernardes na TV Globo.

Os parlamentares que se opõem à PEC-32/2020 na comissão buscaram adiar a leitura do parecer pelo deputado Darci de Matos (PSD-SC) – que ocorreu após requerimento pela retirada de pauta ser derrotado por 42 votos a 20. O relatório pela admissibilidade fez apenas duas ressalvas: excluiu o dispositivo que permitia ao chefe do Poder Executivo extinguir, fundir ou criar autarquias e fundações públicas e retirou do texto o trecho que impede que servidores de carreiras típicas de estado exerçam qualquer outra atividade remunerada.

Pedido de vista coletivo, logo após a leitura, adiou a discussão e possível votação da matéria por duas sessões. Com isso, a PEC-32 retornará à pauta da Comissão de Justiça na quinta-feira (20), data para qual novo tuitaço está sendo convocado. Também seguem as orientações da campanha para que se intensifiquem as manifestações nas redes sociais contra a “reforma” que pode levar à destruição dos serviços públicos no Brasil.

Para véspera do retorno da PEC-32 à pauta da CCJ estão previstas manifestações nacionais, virtuais e algumas presenciais, convocadas pelos profissionais da Educação, nas quais a luta pela rejeição da “reforma” administrativa se junta à defesa das escolas e das universidades públicas e da reversão dos cortes orçamentários que já colocam em risco o próprio funcionamento de várias instituições no segundo semestre.

Os protestos também vão exigir a vacinação urgente de toda a população e a não aprovação do projeto de lei que tenta impor o retorno às aulas presenciais mesmo durante o agravamento da pandemia. A participação nestas manifestações virtuais do dia 19 de maio foi incluída no calendário de mobilização aprovado na reunião ampliada da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do MPU, ocorrida virtualmente no sábado (15).

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

É hora de pressionar deputados e deputadas de Santa Catarina que  fazem parte da CCJ da Câmara para defender os serviços públicos e os direitos de servidores e servidoras. Por isso, o Sintrajusc disponibiliza abaixo os contatos do relator, Darci de Matos, e chama os colegas a enviarem mensagens cobrando posicionamento contrário à proposta:

Representação de Santa Catarina:

Pressione o relator Darci de Matos nas redes dele:

E-mail: dep.darcidematos@camara.leg.br

Celular: (47) 99601-3648

Instagram: https://www.instagram.com/depdarcidematos/

Facebook: https://www.facebook.com/Depdarcidematos

Twitter: https://twitter.com/depdarcidematos

Pressione os demais integrantes da Comissão:

Com informações do Sintrajud – 17 de maio de 2021