Comissão do TSE sobre isonomia nos cartórios eleitorais finaliza relatório


A comissão do Tribunal Superior Eleitoral criada para discutir uma proposta de isonomia das funções comissionadas dos chefes de cartórios teve nesta segunda-feira, 17 de março, sua última reunião. O grupo, formado por servidores das áreas técnicas do TSE e pelo coordenador geral da Fenajufe Roberto Policarpo, finalizou o relatório com a proposta da isonomia. O documento segue agora para o diretor geral do TSE, Athayde Fontoura.

Roberto Policarpo avaliou que as principais propostas apresentadas pela Fenajufe foram acatadas. “A comissão acatou nossa sugestão de criar uma FC 6 para os chefes de cartórios, tanto os das capitais como do interior, e de criação de mais uma FC 1 para cada cartório. Nosso argumento foi que essa FC dará mais celeridade aos procedimentos e melhorará o atendimento ao público”, afirma Policarpo.

Após a análise do diretor geral do TSE, o parecer da comissão deverá ser enviado ao relator ministro César Peluso, depois de aprovado em sessão do TSE, será transformado em projeto de lei.
Leia aqui o relatório.

Da Fenajufe