Comando Nacional de Mobilização confirma greve por tempo indeterminado


O Comando Nacional de Mobilização, reunido no início desta tarde na sede da Federação, reafirmou a greve por tempo indeterminado para garantir a aprovação do novo Plano de Cargos e Salários dos servidores do Judiciário. Os representantes dos estados avaliaram o resultado da sessão de hoje da Comissão de Finanças e Tributação, momento em que o relator do PL e o presidente da CFT garantiram que vão colocar o projeto em votação na próxima quarta-feira, 10 de maio. A reunião avaliou que a presença de um bom número de servidores no plenário 4 da Câmara foi o que garantiu o compromisso dos deputados.
De acordo com os informes dos estados, a paralisação da semana passada de 48 horas mostrou a disposição da categoria em continuar na luta pela aprovação do Plano. Com isso, os representantes dos sindicatos e os diretores da Fenajufe presentes no Comando Nacional de Mobilização reafirmaram a deflagração da greve por tempo indeterminado de imediato e o fortalecimento da campanha em nível nacional. Os estados que paralisaram os trabalhos hoje devem continuar e fortalecer o movimento e os demais estados devem aderir à greve a partir de amanhã, conforme indicação do Comando.

Fonte: Fenajufe (Leonor Costa)