Brasil tem somente 404 delegacias de atendimento à mulher, segundo o IBGE


Por Marcela Cornelli

Segundo pesquisa do IBGE, apenas 7,3% dos 5.560 municípios brasileiros possuem Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher. Neste percentual estão incluídos todos os 32 municípios com mais de 500 mil habitantes. Os da região Sudeste aparecem com o maior número desse tipo de delegacia. Das 404 delegacias de atendimento à mulher existentes no país, 212 estão em municípios do Sudeste. Os dados constam da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic) 2001, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O que mostra que apesar da preocupação do governo e de entidades não governamentais sobre o tema ainda há muito o que ser feito.

Já os Conselhos Tutelares, que garantem o cumprimento dos direitos de crianças e adolescentes e cuja implantação é obrigatória, estão presentes em 68% dos municípios do país. Os Conselhos Tutelares são o órgão de justiça com maior presença entre os municípios com até 5 mil habitantes (53,6%) e existem em todos os municípios com mais de 500 mil habitantes no país. A pesquisa destaca a expressiva quantidade de novos conselhos tutelares criados no país entre 1999 e 2001. O percentual passou de 55% em 1999 para 68,3% em 2001.

Os Juizados de Pequenas Causas aparecem em 34% dos municípios, sendo que em torno de 40% dos municípios nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, de 28,3% no Norte e 19,8% no Nordeste. De acordo com o IBGE, entre 1999 e 2001 todos os municípios brasileiros registraram aumento da presença dos órgãos de justiça e segurança, com exceção dos órgãos de defesa do consumidor, que apresentaram estagnação. Os Conselhos Tutelares tiveram, segundo a pesquisa, o maior crescimento.

Fonte: Agência Brasil