Assembléia em São Paulo mantém greve pelo PCS


Assembléia com servidores de todos os tribunais do Estado de São Paulo aprovou, na tarde desta quarta-feira 17, a manutenção da greve por tempo indeterminado pela aprovação do Plano de Cargos e Salários [PCS].
Os servidores avaliaram que suspender a greve agora, sem que se tenha a garantia de que serão reservados os recursos orçamentários necessários para implementar o projeto do PCS, é muito arriscado. Principalmente porque seria difícil retomar o movimento com força caso as negociações não avancem.
A assembléia, realizada na avenida Paulista, em frente ao Fórum Cível Pedro Lessa, aprovou que será apresentado um recurso à Plenária da Fenajufe, que acontecerá de 19 a 21 de maio, Natal [RN], a favor da continuidade da greve e retomada do movimento onde ele tenha sido eventualmente suspenso.
A próxima assembléia em São Paulo acontece na segunda-feira [22], às 15 horas, na Barra Funda.

Fonte: Sintrajud/SP