Amanhã servidores irão a Brasília para cobrar que os deputados da CFT votem PCS


Como o PL 6613/09 deve entrar novamente na pauta da sessão da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, a Fenajufe orienta, mais uma vez, que todos os sindicatos venham a Brasília nesta quarta-feira, 25 de abril, pressionar os deputados a votar o PCS da categoria. Antes disso, todos já devem procurar os parlamentares em seus estados para garantir, além do apoio à revisão salarial, que eles compareçam na sessão, independentemente das pressões do governo. Até esta quarta o trabalho dos sindicatos e da categoria é conversar com todos os membros da CFT na tentativa de convencê-los a votar a favor da reivindicação da categoria.

“É importante garantir um número ainda maior que na última sessão, com o objetivo de intensificar as pressões junto aos deputados para que eles busquem um acordo com o governo e votem o PCS”, orienta Zé Oliveira, coordenador geral da Fenajufe. Ele explica que as mobilizações da categoria serão imprescindíveis para mudar o cenário de intransigência do Executivo em não negociar com os deputados e com a cúpula do Judiciário Federal uma saída para garantir a revisão salarial da categoria.

Evilásio Dantas, de plantão essa semana, também convoca os sindicatos a enviar seus representantes amanhã para lotar o plenário 4 do corredor das comissões. Segundo ele, a categoria não pode dar trégua enquanto o governo não fechar um acordo com o STF e os deputados votarem o PCS. “Temos que manter as pressões aqui todas as quartas para mostrar aos deputados, em especial aos da base aliada, que não aceitaremos continuar sendo enrolados. Amanhã é mais um dia importante de nossa luta e todos os sindicatos devem se fazer presentes na CFT para pressionar pela aprovação do relatório do deputado Policarpo”, afirma Evilásio.