Votação da LDO é adiada e Congresso não terá recesso; votações voltam a acontecer em agosto


A votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2007 não foi votada na sessão do Congresso marcada para hoje, que foi encerrada há pouco. O primeiro-secretário da Câmara, deputado Inocêncio Oliveira (PL-PE), que também é secretário do Congresso, informou que, embora isso signifique a continuidade dos trabalhos, sem o recesso parlamentar que ocorreria nas próximas duas semanas, as votações em plenário só voltarão a ocorrer nos períodos de esforço concentrado marcados para os dias 1º a 3 de agosto e 4 a 6 de setembro. As comissões, CPIs e debates em plenário poderão funcionar normalmente em julho. O Congresso ainda não definiu nova data para a votação da LDO.

Fonte: Agência Câmara