Vamos parar na quinta-feira, dia 24, pelo PCS


Em uma assembléia bastante concorrida, os servidores do Judiciário Federal em Santa Catarina aprovaram paralisação de 24 horas na próxima quinta-feira, dia 24, para pressionar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a aprovar o parecer necessário para que o projeto de lei do PCS (PL 5845/05) retorne à Câmara dos Deputados. Ao final do dia, os servidores farão avaliação para decidir se a paralisação se transforma em greve por tempo indeterminado. A proposta de paralisação, apresentada pela diretoria, foi aprovada pela maioria dos servidores presentes à assembléia de hoje, realizada em frente ao TRT. A avaliação dos servidores é de que é necessário mais um esforço neste final de ano para garantir o retorno do PCS ao Congresso ainda em 2005. Afinal, o PCS é a única alternativa que resta para que 2005 não passe em branco em termos de ganho salarial. No dia 29, acontece a penúltima reunião do CNJ este ano. Se não houver pressão agora, o PCS corre o risco de ficar parado no Judiciário. Aí, só em 2006, o que ninguém quer. E se ninguém quer, então está mais do que na hora de cutucar o CNJ. Paralisação é a palavra de ordem neste momento! Todos na luta pelo PCS!