TEM PARALISAÇÃO NOS DIAS 10 E 12! FORTALEÇA A LUTA PELO REAJUSTE SALARIAL


Em Assembleia realizada nesta quinta-feira, dia 5, durante a nossa paralisação na frente dos Cartórios Eleitorais da Capital, mais uma vez cerca de 200 servidores pararam as atividades por duas horas para fortalecer a luta nacional pela aprovação do PCS. Foi aprovada nova paralisação nos dias 10 e 12, terça e quinta-feira da próxima semana, das 16 às 18 horas, na frente do TRE. O clima era de disposição para intensificar a luta. Como ocorreu na quarta-feira, 4, participaram servidores de inúmeros setores das três Justiças. Os colegas da Federal se deslocaram em um ônibus da avenida Beira-mar Norte até o centro da Capital. A paralisação também contou com a presença de colegas de todas as Varas Trabalhistas e Distribuição de Florianópolis, dos Gabinetes, da Informática, da Engenharia, das Turmas, entre outros. O pessoal da Segurança se fez presente em peso, deixando apenas um servidor em cada recepção.

Os colegas dos Cartórios e do TRE-SC também participaram em massa da paralisação, com destaque, entre outros, para o pessoal da informática. Vários órgãos da imprensa local buscaram informações sobre os motivos da luta. No interior do estado, a mídia deu cobertura para a paralisação das 35 Zonas Eleitorais na quarta-feira. Os colegas do interior demonstraram capacidade de luta e deixaram clara a insatisfação com a política de reajuste zero do governo Dilma. A paralisação no interior do estado também foi noticiada pelos órgãos da imprensa dos municípios, como em:

http://www.gazetadejoinville.com.br/site/archives/21601

http://www.ndonline.com.br/joinville/eleicoes2012/30817-servidores-das-justicas-eleitoral-e-federal-paralisaram-atividades-por-duas-horas-em-joinville.html

Na quarta também pararam, no interior, servidores de Chapecó (JT), Palhoça (JT), Imbituba (JT) e Laguna (JF). Agora temos à frente duas novas paralisações. Converse com seus colegas e faça Reuniões Setoriais no local de trabalho para deliberar sobre a adesão ao movimento. Ligue para o Sindicato para tirar dúvidas e acompanhe as informações pelo site do SINTRAJUSC.